Bola viva: com Jardel Vettorato

20/03/2014
Bola viva: com Jardel Vettorato

Bola viva: com Jardel Vettorato, bate papo descontraído e direto, mantendo a bola em jogo com perguntas e respostas. Conheça mais sobre o pilar gaúcho da seleção brasileira.


Primeiros passos no rugby: Em 2009, em Santa Maria, fui convidado para conhecer o esporte. Treinei uma vez e gostei, mas depois da primeira partida, sempre quis mais e mais.

Idade: 28

Nascido em: Alegria/RS

Profissão: Advogado

Como conheceu o rugby: Por amigos.

Onde já jogou: Universitário Rugby de Santa Maria, Novo Hamburgo, Farrapos, Charrua e agora Brummers.

Um time: Seleção Brasileira de Rugby/Tupis, pois devemos se orgulhar das coisas que temos em nossa terra. Eu sei que a história do Rugby nacional foi construída ao longo dos anos por pessoas que sacrificaram muito pelo amor que tem ao esporte.

A importância do treino: Tu jogas o que tu treina, não há diferença.

O exercício que mais gosta é: Não há um exercício preferido, mas sim um conjunto de atividades que contribuem para o melhor condicionamento.

O exercício que mais odeia é: Lavar a louça.

Posições que já jogou: Uma vez, na minha primeira partida, atuei de Asa. Mas, depois disso, sempre fui Pilar Direito, algumas vezes também joguei de Pilar Aberto

Qualidade dentro de campo: Esta é uma pergunta que os meus treinadores poderiam responder melhor.

Aspecto que mais trabalha para melhorar: Busco melhorar continuamente os pequenos detalhes dos atributos que são exigidos para a minha posição, tenho que fazer o meu trabalho bem feito.

Para onde o rugby já te levou? O Rugby me levou para um estado de espírito melhor. Hoje sou uma pessoa diferente do que era no passado. Conheci muitas pessoas bacanas que fizeram grandes feitos, hoje tenho muitos amigos em diversos locais graças ao rugby. 

Partida inesquecível: Minha primeira partida pela Seleção, Brasil x Chile, pelo Campeonato SulAmericano, no ano de 2012. Mas, o momento mais marcante foi o try que fizemos no Uruguai, em 2012, depois de uma sequência de fases dos avançados brasileiros.

 

Para ser um bom atleta é preciso: Disciplina e muito trabalho duro.

 Qual a sua motivação: Família

 Joga com ou sem ombreiras: Não fazia uso, mas desde uma lesão de ombro que tive recentemente, tenho as utilizado.

 

Com ou sem scrumcap: Sem

Travas: 18mm, 21mm, depende o campo.

Tem amuleto? Não

Superstição antes do jogo: Não

O árbitro de rugby é: Deve ser respeitado sempre, suas decisões devem ser sempre acatadas, sem questionamentos. 

Já jogou machucado?: Muitas vezes

Histórico de lesões: Lesão no ombro e joelhos

Comida preferida no terceiro tempo: Churrasco

O seu melhor terceiro tempo: Todos são ótimos.

Quando descobriu que estava apaixonado pelo rugby: Acho que desde o primeiro tackle

O rugby é: um estilo de vida

Se não jogasse rugby, o que seria de você?: Não faço a mínima ideia.

Um sonho: Ver o Brasil classificado para um Mundial

Jardel por Jardel: Não há desculpas para não se treinar e buscar melhorar a cada dia, devemos entregar a camisa em lugar melhor do que a pegamos, devemos sempre querer mais.

Agradecemos a participação do Jardel no nosso blog, e desejamos sucesso na sua trajetória profissional e esportiva, e também ótimos churrascos nos terceiros tempos dos Tupis (N. de R: Jardel assumiu o papel de churrasqueiro oficial da seleção brasileira de rugby).

Fotos: FotoJump. Aldo Tamagusuku. Acervo pessoal Jardel.

« voltar para o blog

Compre por Marcas

Sulback Rugby
Na sulback.com você irá encontrar artigos e produtos de rugby tanto para a prática do esporte, quanto para moda casual, aqui você irá encontrar seus suprimentos de rugby que você já procurou e com o melhor preço.
Mobile Store
A Mobile Store é a nossa loja física, que você vai encontra-la em jogos e campeonatos. Levamos até os atletas tudo os materiais que precisam para praticar o esporte. Confira as datas e locais onde estaremos, em nossa página do Facebook: www.facebook.com/sulback
Rua Angelo Briani, 51 - Jardim Itália - Caxias do Sul - 95030-050
CNPJ: 14.220.328.0001/28