Los Pumas, Jaguares, ou Pampas XV?

12/08/2013
Los Pumas, Jaguares, ou Pampas XV?

Los Pumas, Pampas XV, Jaguares, UAR Seniors... Saiba por que os representantes argentinos têm nomes diferentes de acordo com a ocasião.

Vamos começar pelo mais conhecido: “Los Pumas”, que é a seleção argentina de rugby. Eles competem nos Test Matches, Rugby World Cup, Campeonato Sul-americano e desde este ano no The Rugby Championship ou também conhecido como quatro nações.

E quem são os “Seniors” do UAR, os Jaguares e os Pampas XV?

Os Seniors da UAR são aqueles jogadores que compõem o plano de alto rendimento. Não é um selecionado, e sim o grupo de jogadores que treinam toda semana nos centros de trabalho de alto rendimento (Pladares).

Pampas XV é o time que joga a Vodacom Cup no rugby sul-africano. Este plantel é formado por integrantes dos Seniors, mencionados acima. Seu nome é usado somente no âmbito do referido torneio, por questões de patrocínio e interesses comerciais. Em 2012 será a terceira participação dos Pampas XV, a primeira equipe Argentina em competir numa competição profissional, tendo conseguido o título de forma Invicta em 2011.

Os “Jaguares” é um selecionado que geralmente é composto por membros do UAR Seniors, mas também podem ser chamados jogadores que desenvolvem a sua atividade fora do país. Representam a Argentina em amistosos, Churchill Cup e a Copa das Nações.

Fonte: rugbytime.com

O Che Guevara e o Rugby

08/08/2013

Poucos negariam que houve uma revolução no rugby da Argentina. O 3° lugar na Copa de 2007 e o The Rugby Championship, a partir de 2012, marcam um momento histórico no rugby dos hermanos. Mas o que pode ser uma surpresa para alguns, é descobrir que o revolucionário mais célebre de todos os tempos era um entusiasta do rugby. Sim, o Che Guevara foi rugbier.O espírito de Guevara apareceu claramente no seu rugby. Ele foi um obstinado jogador e um dos primeiros jornalistas de rugby no país.Agustín Pichot, capitão argentino em 2007 disse: “Ele era um homem do rugby argentino e estamos orgulhosos de contar com ele entre nossos antecessores. Gosto de pensar que ele iria desfrutar os progressos que nos fizemos".Portador de asma crônico desde o seu nascimento, o seu pai o enviou para Córdoba aos 14 anos, em 1942. Local de ar puro e de clima fresco para tratar da doença, e onde acabaria sendo mordido pelo “bichinho do rugby”. Jogou no Estudiantes de Córdoba, formado a partir do Tala RC, e seu pai ficou alarmado. Tentou fazer ele desistir, mas o espírito combativo do seu filho falou mais alto: "Velho, eu amo o rugby. E mesmo que ele me mate um dia, vou continuar jogando." O seu apelido tal vez faça entendível a preocupação do seu pai: “Fuser” mistura de furibundo (furioso) Serna (seu segundo sobrenome).Durante as partidas um amigo corria desesperadamente ao lado do campo e lhe aproximava a bomba para fazer suas inalações. Lembremos que naquela época não eram permitidas as substituições.

                                                        

Após a escola secundária veio a mudança para Buenos Aires, onde ele estudou medicina.Jogou em San Isidro ou SIC, Atalaya Polo Club, e Ypora. Sua paixão pelo rugby era tamanha que fundou uma revista de rugby, chamada Tackle. Assinava os artigos com o apelido de “Chang-Cho”.A revista semanal durou apenas três meses, entre Maio e julho de 1951 e hoje são raros os exemplares nas casas de antiguidades. Numa editorial o Che comentou “Aprendemos muito com os times franceses e ingleses que nos visitam... não podemos pretender ter um campo de rugby em cada cidade, mas sim clubes que se dediquem exclusivamente ao rugby”.Foram apenas 11 edições publicadas, mas lhe renderam o passaporte para cobrir os II Jogos Panamericanos de 1955 no México, para a agencia de noticias América Latina.
Outra característica do Che rugbier foi o seu capacete. Algo incomum para um back naqueles dias, o Che usava um scrumcap. Mesmo combatentes da guerrilha tem suas vaidades.

                                                               

Mais tarde Guevara partiu para descobrir o mundo -um mundo que acabou querendo mudar – com o seu companheiro de rugby e da medicina, Alberto Granado em uma motocicleta Norton 500cc de 1939, chamada La Poderosa. Com o tempo, Ernesto falaria para o seu pai que foi graças ao rugby que ele conseguiu enfrentar os momentos mais difíceis em Sierra Maestra (centro de operações da guerrilha na revolução).Curiosamente o link de rugby perdurou. Granado, um eminente bioquímico e exímio meio scrum, foi declarado padrinho do Rugby cubano. Sendo o impulsor da associação cubana criada em 1996.

                                                         

O Che Guevara foi um confesso amante do rugby. A revolução que ele defendia, nas suas paginas da Tackle, viraram realidade na Argentina. Já a sua revolução por um mundo melhor ficou inconclusa,mas o rugby, a traves dos seus valores próprios, continua lutando por formar cidadãos do bem.

Bisneto de Che Guevara Joga Rugby no Brasil

07/08/2013

Outra revolução é a que o rugby do Brasil atravessa. E um testemunha disto é o Santiago Daniel Nieto Lynch, o "Sancho", bisneto do Che Guevara.A família trouxe o "Sancho" para o Brasil aos 4 anos de idade. Hoje é empresário e jogador do Serra Rugby, clube que ajudou a fundar junto com o seu pai Raúl, ex pilar do La Tablada RC e da Seleção Cordobesa.O descendente do Che em Caxias do Sul é um segunda línea forte e aguerrido. Tal vez tenha herdado do revolucionário a garra e convicção para enfrentar os adversários. Fez testes para a Seleção Brasileira em 2009, na seletiva conduzida pelo Pierre Paparemborde em Porto Alegre. Disputa o Campeonato Gaúcho de Rugby pelo Serra RC desde 2005 e passou por duas cirurgias de joelho, o que o manteve afastado dos gramados por mais de um ano.No ultimo sábado, uma equipe da TV Globo esteve em Caxias do Sul gravando uma entrevista com o parente do Che para o programa Esporte Espetacular.

Raúl e Santiago Nieto Lynch- Parentes do Che no Brasil

O que ele disse ? http://www.youtube.com/watch?v=ahynpzDvpeE

Publicado originalmente em 08/8/11

Hegemonia alviverde no rugby gaúcho

08/07/2013

Assista o vídeo clipe da Final clicando na imagem acima.

 

Aconteceu neste sábado 06/7 a grande final do Campeonato Gaúcho de Rugby. Jogando no estádio da PUC, em Porto Alegre, o Farrapos consagrou-se Tetra Campeão Gaúcho, após vencer por 22x3 ao Charrua.

Candidato de sempre, o time de Bento Gonçalves conquistou a Copa da FGR de maneira invicta. A campanha indica 9 vitórias em 9 jogos, com 453 pontos marcados e 52 sofridos.

A partida contou com aproximadamente 1.800 pessoas, que deram um colorido especial ás arquibancada do pacato estádio da PUC/RS. Se a torrcida foi a encarregada da nota de cor, os protagonistas em campo fizeram uma batalha digna de final. O placar se manteve apertado durante grande parte do jogo, tendo sido aberto pelo Charrua, após uma conversão de penal. Na sequência veio o try da virada para o Farrapos e permaneu por 7x3 até o inicio do 2º tempo. 

A segunda metade mostrou um Farrapos mais competente no jogo de backs, e com um ritmo intenso, conseguiu impor diferenças que seriam indescontáveis para o valente Charrua.

Num formato que pela 1º vez teve turno e returno, as posições mantiveram-se identicas ao campeonato de 2012. Sendo o Charrua o 2º colocado, e o San Diego ficou em 3º após vencer o Brummers, na partida preliminar. Fecha a tabela, o Serra de Caxias do Sul.

 

 

Foto 1306
Foto 1308
Foto 1309
Foto 1310
Foto 1311
Foto 1312
Foto 1313
Foto 1314
Foto 1315
Foto 1316
Foto 1317
Foto 1318
Foto 1319
Foto 1320
Foto 1321
Foto 1322
Foto 1323
Foto 1324
Foto 1325
Foto 1326
Foto 1327
Foto 1328
Foto 1329
Foto 1330
Foto 1331
Foto 1332
Foto 1333
Foto 1334
Foto 1335
Foto 1336
Foto 1338
Foto 1339
Foto 1340
Foto 1341
Foto 1342
Foto 1343
Foto 1344
Foto 1345

Muito rugby e altas emoções

01/07/2013

Farrapos 23 x Pasteur 28

A emoção de uma partida de rugby muitas vezes depende de uma combinação dos mais diversos fatores: raça em campo, empolgação do publico, viradas de placar e um final fechado. Nada disso faltou no Estádio da Montanha, de Bento Gonçalves, para ver a vitória do bom time do PAC sobre o dono de casa Farrapos.

Preparamos para você um compacto com as pricipais imagens desta bela jornada, faça click na imagem e assista:

Link para assistir no Youtube: http://youtu.be/CPKtY9rMNZ8

 

123456789101112131415161718192021222324252627282930

Compre por Marcas

Sulback Rugby
Na sulback.com você irá encontrar artigos e produtos de rugby tanto para a prática do esporte, quanto para moda casual, aqui você irá encontrar seus suprimentos de rugby que você já procurou e com o melhor preço.
Mobile Store
A Mobile Store é a nossa loja física, que você vai encontra-la em jogos e campeonatos. Levamos até os atletas tudo os materiais que precisam para praticar o esporte. Confira as datas e locais onde estaremos, em nossa página do Facebook: www.facebook.com/sulback
Rua Angelo Briani, 51 - Jardim Itália - Caxias do Sul - 95030-050
CNPJ: 14.220.328.0001/28