Tudo o que precisa saber sobre Los Pumas x All Blacks em Buenos Aires (Parte I)

22/09/2012
Tudo o que precisa saber sobre Los Pumas x All Blacks em Buenos Aires (Parte I)

Centenas de brasileiros estarão presentes nesta memorável partida. Para toda a torcida Tupi, coletamos informações e as melhores dicas para uma viagem inesquecível.


O jogo

 

 

 

Los Pumas recebem os All Blacks no Estádio Ciudad de La Plata, pela 5a rodada do Rugby Championship, antigo 3 Nations, competição que reúne o melhor rugby do hemisferio sul.

E o que torna este jogo imperdível é o seu caráter histórico, que independe da façanha dos Pumas ganhar.


Esta partida ficará na história por que: 

-É a 1a vez que os All Blacks jogam na Argentina numa competição oficial.

-Pode ser a 1a vitória dos Pumas sobre a Nova Zelândia, nunca antes os argentinos chegaram tão bem preparados e nivelados.

-O resultado pode consagrar os All Blacks Campeão da 1a Edição do Rugby Championship, mesmo perdendo.


Ingressos

 

Este foi um dos assuntos mais solicitados pelos nossos seguidores no facebook. Acredite, o estádio vai estar cheio de brasileiros.

Se você já comprou parabéns! mas fique ligado ao procedimento de retirada. No momento da compra pela internet você devia escolher a retirada pessoalmente (a outra era o envio por correio para algum endereço na Argentina).

Os tickets já estão disponíveis na sede de CABA, na Av. Corrientes, 728, de segunda a sexta-feira de 10h a 20h e sábados de 12h a 20h. É imprescindível apresentar o voucher e a retirada deverá ser feita pelo titular do cartão de crédito utilizado na compra, fique atento ao procedimento se ganhou o ingresso de outra pessoa. Para maiores informações escreva para uar@tuentrada.com


Não tenho ingressos mas quero viajar

 

 

 

Se você não adquiriu seu ticket e mesmo assim quer assistir, prepare-se.

A UAR colocou 36.000 ingressos á venda em maio, que se esgotaram em 17 dias.

Atentos á grande demanda, os cambistas oferecem ingressos pela internet com até 1000% (sim, leu bem, mil por cento) de acréscimo.

As gerais que custavam AR$155 são oferecidas entre AR$990 e AR$1.399, as preferenciais chegam até os AR1.999 e os packs família acima dos AR$3.000.


Ah, para o jogo em Rosario com os Wallabies, no sábado 06 de outubro, os ingressos também estão esgotados.


Rivalidade Argentina - Brasil

 

Vou com a camisa do Brasil? Vão polemizar por sermos brasileiros? Esqueça. 

“This is not soccer”. Deixando de lado o futebol, lhe será muito fácil fazer amizade com os argentinos. Certamente lhe perguntarão qual o status do rugby brasileiro, e como marcham os preparativos para 2016. A nossa realidade é uma grande novidade para os rugbiers argentinos.

Já recebemos relatos de fás brasileiros que pintarão os rostos com as bandeiras do Brasil e da Argentina para ir no estádio. Certamente se darão bem.

Dado: Nossa enquete mostrou que 75% dos brasileiros torcem pelos Pumas, contra 25% pelos All Blacks.

A viagem também é uma boa oportunidade para treinar ou fazer contatos com clubes portenhos. Conhecer uma realidade diferente pode render boas idéias para o desenvolvimento do seu clube. A receptividade é muito grande, mas recomendamos anunciar a visita.


Na segunda parte da matéria iremos falar mais sobre como chegar no estádio, o que fazer em La Plata e em Buenos Aires. E uma dica para comprar tickets (os últimos) sem revenda, e sem recorrer a cambistas.

Foto 1141
Foto 1142
Foto 1143
Foto 1144

Conheça o RUGBY

21/09/2012
Conheça o RUGBY

Veja como é fácil aprender as regras básicas do rugby.

 

Passe:

 

No rugby só é possível passar a bola para trás ou no máximo, para o lado. Sendo que os avanços são decorrentes das corridas com posse de bola.


Chute:

 

O chute é permitido, serve para passar a bola para frente, mas só podem perseguir a bola, além do chutador, os jogadores que estiverem em linha ou atrás do mesmo no momento do chute.


Pontuação:

 

Try (5 pontos): O jogador consegue apoiar a bola no chão após a área de validação adversária.

 

Conversão (2 pontos): Sempre após o try a equipe marcadora tem a possibilidade de chutar em direcção ao H.

 

Drop Goal (3 pontos): Durante a partida, um jogador pode dar um chute tentando fazer a bola passar por cima do H da equipe adversária. O jogador deve fazer a bola tocar no chão e no retorno fazer um chute imediato.

 

Penalty Goal (3 pontos): Ao sofrer uma penalidade a equipe pode optar por tentar fazer um chute de onde ocorreu a penalidade.


Scrum:

 

O scrum, é uma formação geralmente usada após uma jogada irregular ou em alguma penalização. Os jogadores (8 de cada equipe) formam uns contra os outros. O scrum-half da equipe que não cometeu a infracção insere a bola no meio do “tunel” formado com a finalidade de que os jogadores da sua equipe consigam empurrar mais e ganhar a bola.


Lineout:

 

Quando a bola sai pela lateral do campo, uma das formas de repó-la em jogo é realizando um “line”. Geralmente o hooker da equipe favorecida, lança por cima dos jogadores e no meio das duas linhas formadas (por um máximo de 8 jogadores), que tentarão pegar a bola saltando, sem haver disputas corpo-a-corpo.


Campo:

 

O campo é de formato retangular, tem comprimento máximo de 144 metros e largura máxima de 70 metros. É dividido pela linha do meio de campo que separa os dois lados.


Bola:

 

A bola de rugby é de formato oval e feita de couro ou couro sintético, em material semelhante ás bolas de futebol.


Equipes:

 

Uma equipe de rugby é composta por 15 jogadores. Divididos em forwards (do Nº1 ao 8) e backs (do Nº9 ao 15).

 

 

Fonte: Guapo Design / Sulback / Wikipédia

Foto 1134
Foto 1135
Foto 1136

Crescendo com o rugby brasileiro

29/08/2012
Crescendo com o rugby brasileiro

Isto vai ser grande no Brasil, anunciavam os comerciais da Topper. Não demorou para que a realidade mostre quanto estava certa aquela frase. Preocupada com essa visão, a Federação Gaúcha de Rugby iniciou uma série de jornadas que estão destinadas á capacitação de dirigentes. Procurando o crescimento ordenado e sustentável dos clubes da região.

Idealizado pelo Nilson Taminato, Presidente da federação local, a 1º Conferência da FGR será realizada neste sábado 1 e domingo 2 de setembro, no Hotel Fazenda Pampas, na região turística da serra gaúcha de Gramado e Canela.

A conferência será uma ótima oportunidade para nivelar idéias, potencializar o desenvolvimento e adquirir ferramentas que facilitem a gestão dos clubes.

A experiência de um Puma

Ariel Mammana será um dos convidados da FGR. Formou parte do selecionado argentino de rugby, Los Pumas, entre 1991 e 1997. Jogou semi-profissionalmente na Itália e ao retornar, decidiu devolver parte do que o rugby tinha lhe oportunizado, dedicando-se ao seu clube de origem. Na sua função de dirigente chegou á presidência do Tala RC, da cidade de Córdoba, papel que exerceu até fins de 2011.

Sua experiência européia lhe trouxe a expertise necessária para administrar o clube num dos momentos chaves do rugby argentino: a passagem do amadorismo extremo para o modelo atual de alto rendimento. Junto aos títulos provinciais e nacionais, chegaram os logros institucionais: construção do prédio esportivo com 5 campos de rugby e um de hóquei de grama sintética, o recorde de sócios e de jogadores, os patrocinadores internacionais e as negociações com a TV aberta.

Ariel apresentará o case do Tala Rugby Club, uma experiência que pode aelerar o crescimento de muitos clubes e abrir o panorama do que pode ser explorado institucionalmente.

A palestra do Alberto Reinaldo Reppold Filho, Doutor em Educação pela Universidade de Leeds, na Inglaterra e vice-diretor da Esef/UFRGS, oportunizará subsídios para a elaboração de projetos conjuntos com o poder publico.

O assunto torna-se muito interessante, e necessário, analisando a realidade do rugby brasileiro: os clubes mais destacados souberam conquistar recursos a través de projetos publicos, seja a través de prefeituras, universidades, secretarias ou mecanismos de incentivo ao esporte.

Também serão abordados conceitos fundamentais para a elaboração de um modelo de desenvolvimento.

E no domingo a FGR apresentará o calendário 2013 de atividades na sua assembléia ordinária. O cronograma completo está disponível em: http://www.fgrugby.com.br/?p=1603

Interessado em participar? o evento será gratuito e a ficha de inscrição está no site da FGR http://migre.me/auSTx

Foto 1133

A mística de Los Pumas

27/08/2012
A mística de Los Pumas

"Bem-vindos Springboks, tal vez não gostem da Argentina" foi o mote utilizado no vídeo de um sponsor dos Pumas. Premonitório ou não, os boks sul-africanos retornam para casa com um sabor amargo.

Após 15 confrontos entre ambos, foi a primeira vez em que não ganharam, e estiveram muito perto de retornar vencidos... um chute bloqueado salvou-os da 1a derrota da história enfrentando a Argentina.

Los Pumas chamados a desafiar paradigmas

Após o jogo da 1a rodada, em Cape Town, os Bi Campeões mundiais chegavam ao jogo de Mendoza como favoritos. Os Springboks planearam acovardar o adversário fisicamente mas foram superados. 

O plano de jogo argentino foi muito ousado: o jogador mais novo do time, Nicolas Sanchez, em substituição do consagrado Juan Martin Hernandez. Inovando, e não repetindo a formula utilizada na Copa do Mundo: com Santiago Fernandez de 10, Martin Rodriguez de 12 e Gonzalez Amorosino (aquele que quebrou 6 tackles no try frente a Escócia) de 15.

Um dos maiores sites de apostas mundiais, apontava a tendência da Argentina tomar 6 derrotas no seu 1º The Rugby Championship. Algo que já não poderá acontecer, era improvável, como supor que Los Pumas estivessem na tabela de classificação com mais pontos do que os Wallabies. Hoje é real.

Tão real quanto os 35 metros ganhos no try, as 8 fases realizadas e a participação de 11 dos 15 jogadores.

O publico também jogou a sua partida.

O Estádio Malvinas Argentinas foi praticamente lotado, com muita gente decidida a apoiar e fazer os Springboks se sentir longe de casa, dentre eles vários brasileiros que viajaram especialmente para ver a partida. E serão muitos mais no próximo jogo em Buenos Aires, contra ninguém menos que os All blacks, após duas partidas consecutivas na Nova Zelândia e Austrália. “Wow, what support!” exclamou ao vivo Robert Skinstad, o relator da ESPN internacional quando a torcida agitou as bandeiras e soltou o grito, no momento de maior pressão dos visitantes.

Os Springboks conseguiram converter o seu try faltando menos de 15 minutos de partida, momento onde a preparação física presumia lhes seria favorável, mas os esforçados Pumas igualaram este quesito com muita garra e coração. 

Na história ficou gravada a data da estreia dos Pumas na Argentina no ex 3Nations, e nas capas dos sites internacionais, os méritos deste empate em 16.

O reporte do site inglês Planet Rugby destacava o Juan Martin Fernandez Lobbe: Man of the Match. “Tackled like a machine, Fantastic” - Homem do Jogo, tackleia como uma máquina. Fantástico; e do experimentado Rodrigo Roncero aponta: “What a legend, Tackled like a man 10 years younger” - Que legenda, tackleia como um jogador 10 anos mais novo. 

Não são poucos elogios e demonstram que Los Pumas de hoje aceitaram a responsabilidade de carregar o legado da mística camisa.

Confira abaixo a galeria de fotos do encontro.

Crédito das fotos: UAR e Planet Rugby.

Para quem entende que o rugby é muito mais do que os 80 minutos de jogo, vale leitura a nota do Frankie Deges: http://www.mundialxv.com.ar/nota.php?id=1113

Foto 1122
Foto 1123
Foto 1124
Foto 1125
Foto 1126
Foto 1127
Foto 1128
Foto 1129
Foto 1130
Foto 1131

Galeria de fotos Farrapos x Walkirians

26/08/2012
Galeria de fotos Farrapos x Walkirians

O estádio da Montanha, em Bento Gonçalves, foi palco do jogo Farrapos x Walkirians, pela Copa RS da FGR.

Frio, vento e chuva temperaram a tarde de sábado, junto á infaltável garra e os pesados packs de forwards, o prato forte do rugby gaúcho.

Dia frio, jogo quente. Os 6ºC se sentiam, e também se enxergavam na \"fumaçinha\" que soltavam os corpos jogadores. Postais de uma tarde de rugby, no inverno da serra gaúcha. O placar final foi um disputado 14x10 para o Farrapos.

Foto 1086
Foto 1087
Foto 1088
Foto 1089
Foto 1090
Foto 1091
Foto 1092
Foto 1093
Foto 1094
Foto 1095
Foto 1096
Foto 1097
Foto 1098
Foto 1099
Foto 1100
Foto 1101
Foto 1102
Foto 1103
Foto 1104
Foto 1105
Foto 1106
Foto 1107
Foto 1108
Foto 1109
Foto 1110
Foto 1111
Foto 1112
Foto 1113
Foto 1114
Foto 1115
Foto 1116
Foto 1117
Foto 1118
Foto 1119
Foto 1120
Foto 1121
123456789101112131415161718192021222324252627282930

Compre por Marcas

Sulback Rugby
Na sulback.com você irá encontrar artigos e produtos de rugby tanto para a prática do esporte, quanto para moda casual, aqui você irá encontrar seus suprimentos de rugby que você já procurou e com o melhor preço.
Mobile Store
A Mobile Store é a nossa loja física, que você vai encontra-la em jogos e campeonatos. Levamos até os atletas tudo os materiais que precisam para praticar o esporte. Confira as datas e locais onde estaremos, em nossa página do Facebook: www.facebook.com/sulback
Rua Angelo Briani, 51 - Jardim Itália - Caxias do Sul - 95030-050
CNPJ: 14.220.328.0001/28